domingo, 2 de outubro de 2011

Hering Salat (Salada de sardinhas curtidas)

Eu estudei (e ainda estudo, sempre) gastronomia por muito tempo. Minha preferência sempre foi pelas cozinhas tradicionais de diversos lugares. Nada contra a gastronomia contemporânea ou fusion cuisine... mas eu acho que receitas criadas e aperfeiçoadas por séculos são muito mais relevantes do que criações modernas, normalmente criadas em poucos dias. A cozinha tradicional faz parte da vida dos povos, como o nosso arroz e feijão.

Como minha família é alemã, convivi por muito tempo com a cozinha tradicional germânica. Minha bisavó era cozinheira de profissão e eu tive o prazer e o privilégio de tê-la presente em minha vida até os 16 anos.
Apesar da cozinha alemã não ser tão cultuada como a francesa, italiana e atualmente a espanhola, tem pratos deliciosos e que muitas pessoas adoram, como o Paprika Schnitzel e o Eisbein. Um dia eu posto essas receitas aqui também...
Uma das coisas que lembram minha infância é o Hering Salat, que significa simplesmente "Salada de Sardinha".
O Hering Salat é feito com sardinhas cruas, curtidas no sal, portanto é necessário comprá-las frescas e não congeladas. Se ela foi congelada estragará a receita. Em qualquer supermercado vende e é bem barato.
Vamos à receita...

Ingredientes:

1 kg de sardinhas pequenas (com no máximo 15cm) limpas
1 cebola grande
5 folhas de louro
20 grãos de pimenta, moídos na hora
5 colheres (sopa) de vinagre de maçã (talvez um pouco mais no final)
suco de 1 limão
1/2 xícara de salsinha fresca picada
1/4 de xícara de cebolinha picada
cerca de 300ml de creme de leite fresco
sal a gosto (mais um monte de sal para curar as sardinhas)
5 colheres de óleo de canola ou girassol

Modo de fazer:

Corte as sardinhas ao meio, retire as barbatanas e nadadeiras e coloque-as em uma travessa, com o lado aberto para cima. Salgue excessivamente as sardinhas, cobrindo as com uma camada de sal. Se precisar fazer mais de uma camada de sardinhas na travessa, não esqueça de salgar cada camada.
Cubra a travessa com filme plástico e deixe na geladeira por um dia.
No dia seguinte, lave as sardinhas e a travessa e deixe as sardinhas de molho em água limpa por 15 minutos.
Escorra as sardinhas e salgue novamente como da primeira vez. Este processo deve ser repetido por três dias pelo menos.
No terceiro dia, antes de dessalgar as sardinhas, retire a espinha dorsal de uma vez só. Como a carne foi curada, os ossos e espinhas saem facilmente.
Agora, faça o processo para dessalgar e no final, verifique se as sardinhas realmente ficaram dessalgadas. Se estiver salgado ainda, lave-as e deixe de molho por mais uns 15 minutos. Depois de tudo, seque as sardinhas com um pano limpo ou papel absorvente.
Corte as sardinhas em pedaços de 5cm, para que seja mais fácil comer e coloque numa tigela. Corte as cebolas ao meio e depois em fatias finas e misture às sardinhas. Adicione o limão e o vinagre e espere 10 minutos. Salgue as sardinhas e prove o tempero.
Adicione os demais ingredientes, deixando o creme de leite por último. As sardinhas não devem estar nadando no creme de leite, mas deve formar um molho. Misture bem.
Prove o tempero e corrija se precisar de um pouco mais de limão ou vinagre. Deixe, pelo menos, 3 horas na geladeira e prove o sal na hora de servir.
Sirva preferencialmente com pão preto, mas fica muito bom com torradas ou pão italiano também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário